domingo, 4 de agosto de 2013

CARA OU COROA Autora: Efigênia Coutinho


Os Sonhos -  um altar ao momento,
Pela Alma - memorial de eternidade  .
Hora imortal, morto, com integridade,
Vigilante ritual por luzes  e portento...

Dentro, árdua inteireza reverente:
Com mármore de carraro, cinzele-o
Pela  noite e o dia sons; Templo,
De anjos e querubins do ocidente.

A Vida é moeda: Cara ou Coroa:
A alma é a Coroa de Jesus
A Cara , augusta vida da Coroa!

Vida: o Altar conduzido com Amor
Celestial na sua nobre cintilância,
Pela noite, a mirar eterna vigilância. 
 Balneário Camboriú
Dezembro, 16, 2007

Arte e Formatação:
AugustaBS
 
Edição ESTADOS D'ALMAS
PORTUGAL - JUNHO 2013

Um comentário:

Efigênia Coutinho disse...

Boa noite amiga querida, fiquei emocionada com seu nobre carinho aos meus versos. Qie dia feliz amiga!
Abraços,
Efigenia