quinta-feira, 29 de junho de 2017

SINFONIA AO SOL MAIOR - Um soneto de Eugénio de Sá - Escrito em intenção das vitimas do grande incêndio ocorrido em Portugal em Junho de 2017.

Sinfonia ao Sol Maior


( Eugénio de Sá )


Horrífico, o tartáreo bafo de fornilhos
Que Lúcifer soltou com fúria imensa
E Portugal gemeu ao ver seus filhos
Quais tochas fossem em fornalha intensa

Fogo rolou plos vales e plas vertentes
Incinerando pessoas e haveres
E nas bocas daquelas pobres gentes
Não houve tempo pra quaisquer dizeres

Era a abertura de uma sinfonia;
“Horribilis Tempestas”, sob Sol Maior
Profano Kyrie, sem sintonia

Mefistofélico som, violentador
Pintado de vermelhos de heresia
Em contraponto às preces ao Senhor


Escrito em intenção das vítimas do grande incêndio
ocorrido em Portugal em Junho de 2017.

( Titulo das duas quadras originais:
 "O bafo de Lúcifer" )

 Edição:

Eugénio de Sá

 23.Junho.2017

VEJA AQUI  O POEMA EM VÍDEO

Um comentário:

B L O G DO LA B R I C K disse...

que estado de alma pra fazer uma poesia dessa tragédia. isto mostra o espírito de artista que domina o Eugenio. maravilhoso se não fosse tão trágico.
compactuo minhas orações a todas as vitimas. digo, o Brasil se ressentiu muito. pois temos muitos descendentes da terrinha por aqui. abs Luiz brick